Vinhos para "Petit comité"

Olá Pessoal,

Hoje eu vou falar um pouco sobre vinhos para "Petit comité"!

Você deve estar se perguntando, que tipo de vinhos são esses? São vinhos para você degustar devagar, com poucas pessoas ou até mesmo sozinho. Normalmente são vinhos mais complexos e estruturados, que vão evoluindo bastante em taça ou no decantar.

Este estilo de vinho pode ser branco, rosé, tinto ou até mesmo um espumante, o que difere aqui para você abrir num "Petit comité" é sua complexidade, não são vinhos ligeiros que você tomaria num happy hour por exemplo, em que o foco é jogar conversa fora e dar risada, o foco não é o vinho.

Já em um Petit comité, o foco é o vinho e normalmente você vai abrir aquele vinho especial da sua adega para desfrutar com poucos amigos ou pessoa querida e ao longo da experiência vocês irão trocar informações sobre quais aromas por exemplo, cada um sentiu.

Neste tipo de ocasião você poderá também colocar alguns petiscos para acompanhar o vinho, como uma tábua de charcutaria, queijos ou brusquetas, para ir degustando bem devagar.

Agora, vamos para as sugestões de vinhos?



A primeira sugestão é um belo Chardonnay barricado, escolhi o Terroir Selection da Don Guerino.

Trata-se de um vinho que marca o terroir da Don Guerino, situada em Alto Feliz - RS, uma das vinícolas mais bonitas do Brasil em minha opinião. Este vinho consegue extrair o máximo da casta Chardonnay, com fermentação em barricas novas de carvalho francês e contato com borras finas e batonnage nas próprias barricas por 10 meses. A barrica confere estrutura e untuosidade ao vinho, fazendo com que ele pareça um creme na boca, é sensacional. Nos aromas trás frutas cítricas, flores brancas, pêra e abacaxi, mel, chocolate branco, carvalho.

Um vinho para harmonizar com bacalhau, macarrão com molho branco, camarão, bobo de camarão, pratos mais estruturados.


Para saber mais, é só clicar na foto acima que você será direcionado para a página do vinho.


Seguindo com a sugestões, agora temos o ícone da vinícola Salvattore, situada em Flores da Cunha - RS, o Gran Báculo, safra 2012 - Cabernet Sauvignon.

Este vinho é um dos únicos no Brasil em que a numeração não está na garrafa mas sim na rolha, o tornando único!

Um vinho que já tem quase seus 10 anos de guarda mas está extremamente vivo, com uma ótima acidez, um Cabernet Sauvignon extremamente bem feito, não tem aquele aroma de pimentão como alguns exemplares costumam produzir. Este já é um ótimo indicativo de que o vinho está extremamente bem feito e equilibrado.

Este exemplar amadureceu por 10 meses em barricas de carvalho francês de primeiro uso e foi envasado em 2014, ou seja, ficou 2 anos na adega da vinícola para depois ser rotulado. Além disso, só foram produzidas 5.950 garrafas, super mega único.

Os exemplares estão esgotando na vinícola e eu tive a sorte de adquirir alguns, eu se fosse você, não ficaria de fora.

Frase estampada no rótulo:

"Da dedicação ressurge o ícone, concretiza-se o sonho e vive-se uma nova história"


Para saber mais, é só clicar na foto acima.


Outra excelente sugestão para você degustar bem devagarinho é o Alvaro Castro Dão - Português.

Alvaro Castro é um dos melhores e mais prestigiados enólogos do Dão, é um vinho tinto de uma vivacidade, brilhante e suculento elaborado a partir das variedades nativas portuguesas Touriga Nacional (30%), Jean(25%), Alfrocheiro (25%), Tinta Roriz (20%), safra 2016, está no ápice de seu consumo. Recebeu 90 pontos pelo Robert Parket, um dos mais prestigiados conhecedor de vinhos no mundo. Além disso, este vinho estagiou durante 14 meses em barricas usadas de carvalho francês, aquele vinho que precisa ser decantado para começar a se mostrar e exibir todo o seu potencial. As vinhas deste blend situam-se a 500 metros de altitude e tem idades entre 15 a 30 anos, um clássico português que deve ser degustado, vinhaço!


Clique acima e confira, ele está com um baita desconto!


Fecho a seleção com um vinho de um micro lote, em um vinhedo no Porto Amazonas, Paraná, com 1km²! Trata-se do Enos - Gran Reserva Syrah Safra Histórica 2018.

Com esse vinho, a Enos Vinhos de Boutique presta homenagem ao Saí-andorinha, uma das aves mais bonitas do Brasil, fora seu rótulo, que é um show a parte, um degrade azul maravilhoso!

Este exemplar amadureceu por 20 meses em barricas francesas de segundo uso. Após, estagiam em garrafa por 6 meses. Um vinho que tem uma baita evolução em garrafa, cada vez que você degusta o vinho é uma surpresa nova, possui notas de pimentas pretas, morango, baunilha e especiarias, leve toque mentolado, foram produzidas apenas 888 garrafas numeradas.

São pouquíssimos parceiros pelo Brasil que possuem esse vinho e eu tive a sorte de conseguir adquirir, é um vinho único!



Clique na foto do Saí acima e confira mais sobre o vinho :)


Essa foi a seleção que escolhi com muito carinho para vocês, na aba "loja" vocês podem conferir muitas outras opções e se tiver dúvida, é só me mandar uma mensagem.


Ah, e em um Petit Comité não pode ficar de fora uma playlist de músicas para você curtir seus vinhos, não é mesmo? Pensando nisso, criei uma nova seleção da Casa Hessel com Jazz & Blues para você curtir!


Clique no link abaixo e confira :)


https://open.spotify.com/playlist/6QkRYvf8RNrZY9qS2pzom1?si=ad191d14641248b9


(link também está disponível na BIO do nosso Instagram: @casahessel_vinhos)



Cheers!


Camila Hessel

25 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo