Vinho Reserva X Reservado

Com certeza você já deve ter se deparado com alguns rótulos com o título Reserva e outros com Reservado, certo?

Mas você sabe a diferença?

O primeiro ponto que gostaria de salientar é que tanto Reserva como Reservado não é sinônimo de qualidade. Outro ponto é que o significado dos termos podem variar de acordo com o país de origem de cada vinho.

Vinho Reserva

O termo Reserva possui uma infinidade de definições de acordo com cada país. Em países Sul Americanos, não existe regras ou legislações definidas que regule a utilização desse termo nos rótulos dos vinhos.

O que normalmente acontece é que os produtores utilizam o termo Reserva para vinhos que estagiaram um tempo em barricas de carvalho ou então para linhas mais premium da vinícola.

Eu (Camila) entendo que o termo Reserva é quando o vinho ao invés de ser comercializado após a vinificação, ele é colocado "na reserva" por um tempo, dentro da barrica de carvalho, para depois ser comercializado. Porém, como não existe legislação, cada produtor determina como esse nome é empregado na vinícola.

Já nos países Europeus a história é bem diferente. Lá, eles tem legislações pesadas para que o produtor possa colocar o nome Reserva no rótulo.

Na Espanha, por exemplo, o termo Reserva é encontrado nos rótulos de vinhos tintos que possuem um amadurecimento de três anos, sendo que no mínimo um ano deve ser em barricas de carvalho.

Na Itália, as especificações para a utilização do termo Reserva mudam bastante de uma Denominação de Origem para outra. Em Chianti, por exemplo, um vinho Chianti Classico Riserva deve amadurecer dois anos, sendo que, no mínimo, três meses precisam ser em garrafa.

Agora o mais polêmico de todos, o Vinho Reservado:

O termo Reservado é amplamente utilizado em vinhos Sul Americanos, principalmente no Chile, porém não existe regras ou legislação vigente para a utilização deste termo nesses países, assim, é um termo criado por produtores, mas que não possui nenhum critério técnico para utilização.

O que normalmente acontece é que os vinhos Reservados, são vinhos de entrada, simples e mais baratos e não tem nada a ver com sua qualidade ou tempo em barricas de carvalho.

O vinho reservado, na maioria das vezes, provém de vinhedos maiores e são colhidos de forma mecânica.

Espero ter esclarecido as diferenças, qualquer dúvida, só deixar seu comentário no post!


Cheers!


Camila Hessel




34 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo